Reunião FPR e Clubes Div.Honra sobre as recomendações da DGS

Setembro 02, 2020

No dia 31 de Agosto de 2020, teve lugar uma reunião entre a Direção da Federação Portuguesa de Rugby (FPR) e os Presidentes de todos os Clubes que fazem parte da Divisão principal do Rugby Nacional.


Na sequência da reunião, a Direção da FPR, comungando das justificadas preocupações dos Clubes seus filiados quanto ao futuro da modalidade e depois de os ouvir sobre as recomendações da DGS conhecidas na semana passada, com a unanimidade dos presentes, deliberou o seguinte:


1- O Campeonato Nacional da Liga de Honra é adaptado ao momento atual, substituindo-se uma primeira fase nacional por uma fase regional.

Com um agrupamento de Clubes por Regiões, evitam-se longas deslocações em território nacional, diminui-se riscos de contaminação entre cidades, além de se melhorar a operacionalização e aplicação de medidas de proteção e rastreio do COVID 19.


2- Os Clubes participantes no Campeonato Nacional da Divisão de Honra irão desenvolver mecanismos internos de prevenção, segurança, higiene, e testagem de acordo com as melhores práticas internacionais.

Os Clubes, nomeadamente no que diz respeito aos testes, e atendendo ao seu estatuto de entidades amadoras, com um importante papel na formação cívica e social de milhares de jovens Portugueses, solicitaram à FPR que faça todos os esforços junto das Entidades Oficiais para que haja um apoio específico que possa viabilizar a testagem dos seus jogadores.


3- A Direção da FPR, irá adaptar as regras do Rugby para as camadas jovens de forma a que até aos sub18, seja jogado sem contacto, ao ar livre, e, assim, possa e deva ser considerado uma variante do Rugby de risco mínimo.

Este “Rugby free COVID” permanecerá como competição oficial para estes escalões até serem levantadas todas as restrições ao desporto jovem em Portugal.


4- A Direção da FPR irá analisar e avaliar os recintos desportivos existentes, de forma a catalogar entre Aptos e Inaptos para serem utilizados como infra-estruturas na competição de Rugby. Apenas os aptos, aqueles que tenham todas as condições de higiene e segurança para este combate ao COVID 19 poderão ser utilizados.


5- Uma vez que, pelo menos inicialmente, haverá restrições de público nos estádios, a Direção da FPR tentará que todos os jogos sejam transmitidos na sua Plataforma RugbyTV, possibilitando assim que todos os adeptos possam acompanhar os jogos das suas equipas, aumentando, ainda, a visibilidade dos patrocinadores dos clubes, com todas as vantagens daí decorrentes.


Espera-se que com estas medidas seja possível regressar, em segurança, à prática do rugby que tanta falta nos tem feito.

share on entry