Atribuição Estatuto de Alta Competição 2020

Agosto 05, 2020

Decorrentes da pandemia de Covid19, foram introduzidas várias alterações nos regimes que regulam a atividade e prática desportiva.

Uma dessas alterações veio permitir a manutenção do Estatuto de Alto Rendimento (EAR) aos Atletas que já dele beneficiavam.

No entanto, essa norma excecional deixava de fora todo um conjunto de Atletas que aspiravam, no decorrer da época desportiva 2019/2020, a aceder ao EAR pela primeira vez, o que sempre se considerou injusto e se denunciou junto das Entidades com responsabilidade na área do desporto.

Na sequência de vários contactos estabelecidos com essas Entidades Oficiais, nomeadamente o Senhor Secretário de Estado do Desporto, Dr. João Paulo Rebelo, e o IPDJ, a quem desde já se agradece toda a colaboração e compreensão demonstradas, foi possível alterar essa situação.

Não com a dimensão que gostaríamos, mas a que foi possível, atentos os vários constrangimentos legais.

Considerando a inexistência de competições internacionais desde março de 2020, foi necessário indicarmos, por solicitação dessas Entidades Oficiais, um conjunto de jogos (todos os oficiais e muitos particulares), resultados e competições internacionais (incluindo fases de qualificações para competições principais que não se chegaram a realizar) ocorridas na época 2019/2020, mas em data anterior a 01 de março de 2020, para apreciação do pedido apresentado, bem como o conjunto de Atletas que se considerava ser abrangido pelo EAR e que não o era nem o poderia ser, no enquadramento legislativo existente.

Para este trabalho de indicação de Atletas, foi essencial e decisiva a intervenção dos vários Treinadores das nossas Seleções, a quem, também, se agradece essa colaboração e o trabalho realizado.

Os critérios utilizados pelos nossos Treinadores para indicação dos Atletas eram, necessariamente, muito apertados, relevando, essencialmente e sem ordem específica, o número de presenças nas convocatórias das Seleções, o comportamento em campo e no treino, os resultados obtidos pelas Seleções em jogos onde esses Atletas tiveram intervenção ativa, as capacidades demonstradas no treino e no jogo e a perspetiva de evolução do próprio Atleta.

Assim, foi possível atribuição do EAR a vários dos nossos Atletas pela primeira vez.

Mais informamos que estes Atletas serão contactados diretamente pelos serviços da FPR, nos próximos dias, de forma a ser poder concluído o respetivo processo de acesso ao EAR.


Convocatória - Seleção Nacional Sevens Feminina Sub-18.pdf

Convocatória - Seleção Nacional Sub-18.pdf

Convocatória - Seleção Nacional Sub-20.pdf

share on entry