Fim da Época Desportiva 2019/2020

Maio 02, 2020

Face a notícias veiculadas sobre uma suposta decisão da Federação Portuguesa de Rugby (FPR) no sentido de não retomar as provas de Rugby durante a presente época desportiva, cumpre esclarecer a opinião pública do seguinte:

 

1- A FPR tinha-se comprometido em tomar uma posição definitiva até ao dia 3 de Maio de 2020, data em que esperava ser conhecida a posição do Governo sobre a matéria relacionada com as competições das diversas modalidades desportivas.

2- - Previamente, no dia 22 de Abril, foi enviado um e-mail a S. Exa. o Secretário de Estado do Desporto informando-o dos procedimentos a ter logo que e se fosse feito o levantamento da suspensão da actividade.

3- Desses mesmos procedimentos foi dado conhecimento aos Clubes, em reunião com os responsáveis médicos competentes.

4- Dia 30 de Abril a FPR soube, pela comunicação social, que o Governo não autorizaria que as provas nacionais se concluíssem e que outras provas se realizassem.

5- Imediatamente, e porque surgiram notícias dando conta que a FPR tinha tomado a decisão de terminar a época desportiva, foram informados os Presidentes de todos os Clubes sobre o que de facto se passava, tendo, ainda assim, sido dito pelo Presidente da FPR aos Senhores Presidentes dos Clubes que a Federação iria confirmar tal decisão junto dos responsáveis políticos nacionais pelo desporto.

6- A confirmação foi feita junto do IPDJ e da Secretaria de Estado do Desporto, tendo ambos confirmado a decisão do Governo.

 

A FEDERAÇÃO ACATA DECISÃO GOVERNAMENTAL

 

7- Pretende-se, pois, que fique claro, que nem a Direcção da FPR nem o Presidente da FPR a título individual tomaram qualquer decisão, limitando-se a acatar, como não poderia deixar de ser, as decisões do Governo da República

8- A FPR estava preparada para, como sempre disse, terminar as Competições, em moldes conhecidos dos Clubes, fazendo sempre cumprir as determinações da Direcção Geral de Saúde.

9- A FPR gostaria que tivesse sido possível terminar as provas nacionais e não aceita qualquer outro tipo de responsabilidades que não sejam as inerentes à obediência à lei e a quem a faz cumprir, que é, neste caso o Governo da República.

10- A FPR continuará junto das instâncias competentes a defender o interesse da modalidade, quer ao nível Federativo quer ao nível de Clubes estando a preparar um documento que submeterá ao Governo para que se possam discutir as necessárias formas de apoio do Estado a um Desporto que tem sabido honrar o nome de Portugal.


11- A FPR irá, durante a próxima semana,ouvir os Clubes para análise e posterior decisão sobre as classificações finais da época agora terminada.


Lisboa, 2 de Maio de 2020

share on entry