Setúbal recebe final da Taça de Portugal Placard

Maio 25, 2019


A final da 58ª edição da Taça de Portugal de Rugby acontece já este domingo, no Complexo Municipal de Atletismo de Vale da Rosa, em Setúbal, e será disputada pelas equipas AEIS Técnico e CF Belenenses. Pelo terceiro ano consecutivo o Placard volta a dar nome à prova rainha do rugby português que, este ano, terá transmissão televisiva em direto na Sporttv, a partir das 16h00.

Após a vitória frente ao CDUL, na meia-final disputada no Estádio Universitário de Lisboa, o AEIS Técnico apurou-se para a final da Taça de Portugal Placard 2018-19, fase da prova que a formação das Olaias não alcançava esta fase da prova desde 2007.O CF Belenenses garantiu a presença no jogo decisivo após derrotar a AEIS Agronomia, numa meia-final discutida no Campo 2 do Estádio do Restelo, em Lisboa.

Os dois clubes defrontaram-se em finais da Taça de Portugal apenas uma vez, em 1971, tendo o AEIS Técnico conquistado o título ao vencer por 12-6.

No total de presenças na final da prova a formação do Restelo leva vantagem - nove finais disputadas e três triunfos – sobre a equipa do Instituto Superior Técnico que se apurou para cinco finais e registou vitórias em quatro delas.

Após ter sido disputada pela primeira vez na cidade de Setúbal em 2016, a Taça de Portugal Placard resulta da parceria entre o município setubalense e a Federação Portuguesa de Rugby, através do investimento da Câmara Municipal de Setúbal no evento. Destaque também para a aposta do Placard na modalidade, que este ano registou um crescimento de 51% do número de apostas, face a 2017.

Na conferência de antevisão da prova o Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Setúbal, Dr. Pedro Pina, mostrou-se orgulhoso pelo facto da cidade setubalense acolher vários clubes de rugby e na aposta que o município tem feito na modalidade: “Espero que seja um grande jogo e que seja uma grande festa do desporto”.

João Gonçalves, representante do Placard, que dá nome à competição deste 2017, ressalvou a importância da prova no cenário desportivo nacional e referiu que o apoio da marca de apostas desportivas à mesma vem de encontro à estratégia dos Jogos Santa Casa em apoiar não só o desporto, mas também “a cultura e a ação social”. O representante do naming sponsorda competição apelou igualmente à presença dos adeptos no domingo, em Setúbal: “Que seja um grande jogo, que enalteça o desporto e que se traduza numa final com bastante público”.

O treinador do CF Belenenses, João Mirra começou por dar uma palavra de apreço a todos os que contribuem para a organização do evento mas acima de tudo referiu “querer ganhar o jogo” que se realiza uma semana depois da final do Campeonato Nacional, partida onde o clube deixou escapar o título para a AEIS Agronomia: “as coisas não correram bem no último fim-de-semana”. Sobre o seu plantel, afirmou que os atletas “vão abordar este jogo como uma final da liga dos campeões”. “Nós prosemo-nos há dois anos a mudar comportamentos (...) queremos estar nos momentos de decisão, desde que cá estamos (neste nível de competição) temos feito tudo para ganhar. A competição de alto rendimento é uma questão mental, de comportamentos diários, não tem a ver com comportamentos no dia de jogo. Nós acreditamos nisso”, concluiu.

Bernardo Figueira, jogador do AEIS Técnico, mencionou a qualidade das equipas participantes que “vêm para ganhar”, ressalvando a melhoria de resultados e prestação obtida pelo clube das Olaias em 2018-19: “Do último ano para este, o Técnico tem andado nas bocas do rugby nacional, esteve nos primeiros lugares do campeonato durante quase toda a época e chegou à Final da Taça de Portugal Placard”. Sobre o vencedor do encontro de domingo, admitiu que “Quem mais quiser é que vai ganhar o troféu”.

O Presidente da Federação Portuguesa de Rugby, Eng. Carlos Amado da Silva, frisou a tradição e a qualidade de jogo demonstrada pelos dois finalistas durante a época, e sobre o jogo de domingo realçou “as excelentes condições do relvado” esperando um grande espetáculo “fora e dentro do campo, numa demonstração inequívoca dos tão apregoados valores do desporto em geral - e do rugby, em particular - que irão estar presentes nesta grande festa que é sempre a Taça de Portugal”.

“Um agradecimento muito particular à Câmara Municipal de Setúbal e aos " Jogos Santa Casa/Placard" principal patrocinador da Competição”.

Concluiu desejando “um bom jogo, com muito público a apoiar. Só um poderá ganhar a Taça, mas ambos saberão merecer o respeito e a admiração recíprocas”.

Antes dos seniores entrarem em campo, as equipas de Sub-18 do AEIS Técnico e CF Belenenses disputam, a partir do meio-dia, a final da Taça de Portugal do escalão.

A entrada tem um custo de quatro euros e os bilhetes podem ser adquiridos no Parque Urbano de Albarquel – Divisão de Desporto da Câmara Municipal de Setúbal e no Complexo Municipal Atletismo de Vale da Rosa, em Setúbal, no dia de jogo.



share on entry