Agronomia e Académica defrontam-se na final da Taça

Maio 18, 2018

O Complexo Municipal de Atletismo de Vale da Rosa, em Setúbal, recebe neste sábado a 57ª edição da Taça de Portugal/Placard de rugby, que será disputada entre AEIS Agronomia e AA Coimbra. Pelo segundo ano consecutivo, o Placard volta a dar nome à prova rainha do rugby português que este ano terá, pela primeira vez, transmissão televisiva em direto em canal aberto: TVI24, a partir das 16h30.

Após a vitória frente ao GDS Cascais na meia-final disputada em Taveiro, a Associação Académica de Coimbra apurou-se para a final da Taça de Portugal/Placard 2017/18, fase da prova que os “pretos” que não alcançavam desde 2012. A AEIS Agronomia garantiu a presença no jogo decisivo depois de derrotar o AEIS Técnico, numa meia-final disputada no Campo da Tapada da Ajuda, em Lisboa.

Os dois clubes defrontaram-se em finais da Taça de Portugal apenas duas vezes – 1998 e 2012 -, tendo a AEIS Agronomia conquistado ambas as edições. No total de presenças na final da prova, os “agrónomos” levam vantagem, com 17 finais disputadas e dez triunfos, enquanto os “estudantes” marcaram presença em 11 finais, triunfando em seis.

Na conferência de imprensa de apresentação da final, Luís Cassiano Neves, Presidente da Federação Portuguesa de Rugby (FPR), realçou que esta “é uma prova que tem marcado o mandato desta direção, na medida em que espelha, com a ajuda de dois preciosos parceiros, a ambição de elevar a organização das competições desportivas” da FPR “a um patamar de excelência”. “Contamos com a ajuda do Placard e da Câmara Municipal de Setúbal que ajudam a fazer da final da Taça de Portugal um dia de festa qualificada, com competência e qualidade de organização”, afirmou.

Sobre a partida, o Presidente da FPR disse esperar um jogo de qualidade: “Tenho a certeza que será um jogo bem disputado, entre duas das melhores equipas nacionais. A Agronomia tem vindo a fazer um trajeto de enorme solidez desportiva, pelo que não surpreendente a sua presença na final. A Académica tem vindo nos últimos anos a recuperar a sua força desportiva e tem vindo a mostrar, especialmente neste último ano, uma competência competitiva que a Federação Portuguesa de Rugby só pode saudar.”

A terminar, o líder federativo deixou uma “uma palavra para o Placard, o naming sponsor, sem o qual não seria possível realizar um dia que se espera fantástico, e para a Câmara Municipal de Setúbal”, que volta a acolher o râguebi “com enorme qualidade”.

Do lado da Câmara Municipal de Setúbal, o Vereador Pedro Pina lembrou que “este é um acontecimento que teve a sua génese no quadro da programação da Cidade Europeia de Desporto”. “Mantemos uma relação estreita com a Federação Portuguesa de Rugby e consideramos que temos no râguebi, por via dos nossos clubes, uma modalidade que sustenta a nossa visão e estratégia para o desporto. Esta é uma cidade que aposta na modalidade e tentamos acolher eventos e jogos de râguebi no nosso melhor equipamento desportivo”, sublinhou o Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Setúbal.

Em representação do Placard, André Pereira disse ser “um prazer” voltar a associar-se “a este evento”. “O apoio ao rugby é importante para nós enquanto produto. Este apoio será para continuar e pretendemos continuar a apoiar a Federação Portuguesa Rugby”, garantiu.

Presentes na conferência de imprensa estiveram ainda os treinadores dos dois clubes. Frederico Sousa, técnico da AEIS Agronomia, espera “que seja uma final a condizer com os pergaminhos do rugby e bem disputada”. “É mais uma final em que vamos estar presentes e só existe um objetivo, que é vencer. Esperamos um adversário competitivo e motivado, mas temos as nossas armas. O favoritismo não terá grande significado. Estes são jogos especiais e qualquer equipa pode chegar à vitória”, concluiu Frederico Sousa.

Pela Associação Académica de Coimbra, João Luís Pinto antevê “um jogo complicado e extremamente duro”. “As duas equipas estão bem preparadas. Derrotamos o Belenenses, o CDUL e o Cascais, e agora tudo pode acontecer. A equipa está preparada para conseguir um bom resultado”, concluiu.

share on entry